segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Médico é preso com três armas de fogo

A prisão foi no município de Caxias, região  dos cocais. O Médico Janiel Alexandre Costa, 34 anos, foi preso com três armas de fogo, uma espingarda calibre 12, uma pistola 380 e um revólver 38. Todas às armas estavam municiadas. O Médico dirigia à camionete Frontier JHX-6179(Piauí). Outras três pessoas foram levadas para à Delegacia. Polícia Rodoviária Federal, PF e Polícia Militar, participaram da operação. O relatório foi divulgado pela PRF.


fonte:Marcial lima

domingo, 31 de agosto de 2014

Pesquisa Data-M: Flávio Dino tem 57,8% contra 23,1% de Edinho Lobão


Após o início do horário eleitoral nas emissoras de rádio e televisão, o candidato da coligação Todos Pelo Maranhão, Flávio Dino, abriu 35 pontos de diferença sobre o segundo colocado. Flávio possui 57,8% das intenções de voto, contra 23,1% do candidato da família Sarney, Edinho Lobão. Dos demais candidatos, Zéluis Lago (PPL) pontuou 1%; Josivaldo (PCB) teve 0,9%; Pedrosa (PSOL), 0,4%; e Saulo Arcangeli (PSTU), 0,3%. Cerca de 10% pretendem votar em branco e nulo. Somente 6,4% dos eleitores estão indecisos.
A pesquisa Data-M foi divulgada pelo jornal Atos e Fatos e ouviu 1.500 pessoas, entre os dias 21 a 24 de agosto. A pesquisa foi registrada no TRE sob a inscrição 037/2014. A margem de erro do questionário é de 3 pontos para mais ou menos.

Na pesquisa espontânea – quando o eleitor é perguntado em quem vai votar, mas não é apresentado a ele o nome dos candidatos –, Flávio Dino pontua 42%. No mesmo sistema, Edinho Lobão tem 15%. Quando perguntado sobre quem o eleitor acha que vai ganhar, 59% dos eleitores responde que será Flávio.

Já quando perguntado sobre em quem não votaria de forma alguma, 44% dos eleitores dizem rejeitar Edinho Lobão. Já 13% não votariam em Flávio Dino e 8% em Pedrosa.

Roberto Rocha lidera no Senado

Na pesquisa de intenção de votos para o Senado, o candidato da coligação Todos Pelo Maranhão também lidera. Roberto Rocha tem 29% das intenções de votos contra 20% de Gastão Vieira. Haroldo Sabóia, do PSOL, tem 5,6%; Marcos Silva (PSTU) tem 4%. Branco e nulo somam 24%.

Na campanha para o Senado, o campeão de rejeição também é o candidato da família Sarney, Gastão Vieira, com 17%. Ele é seguido por Saboia, com 11% e Rocha, com 9%.

sábado, 30 de agosto de 2014

Atenção, Justiça Eleitoral! Dinheiro vai começar a jorrar na campanha do 15

Palácio tentará se movimentar para injetar cifras milionárias nas prefeituras.

São fortes os rumores de que a partir do dia 05 de setembro, o dinheiro vai rolar solto na campanha de Edinho Lobão. Os prefeitos e lideranças políticas deram prazo até o dia 10 de setembro para aguardar de bolsos abertos a promessa não cumprida até agora.

O candidato do PMDB há muito tempo vem enganando as lideranças políticas, principalmente as do interior. Quando ele surgiu no cenário como candidato prefeitos e outras lideranças logo imaginaram que o filho do ministro de Minas e Energia teria ajuda substancial do Palácio dos Leões e um cofre poupudo para jogar na campanha.
Passados quase noventa dias, até agora nada apenas um doador se manifestou, o genro de Edinho Lobão, o empresário Marquinhos Regadas que injetou cifras via Franere.
O dinheiro não foi suficiente para pagar o material gráfico e o abastecimento de carros com combustível. O que os políticos esperam para fazer a campanha é a estrutura financeira. Até o momento apenas o secretário de Saúde, Ricardo Murad, é quem liberou milhões Fundo a Fundo para campanha, mas para os seus protegidos, a exemplos de Andre Murad a filha e Sousa Neto o genro.
É esperado a partir do dia 5 a entrada de recursos para as prefeituras com verbas asseguradas pelo Fundema. Comenta-se que no fundo existe algo em torno de 385 milhões.

  fonte:Blog do Neto Ferreira

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Coelho Neto: Américo de Sousa sofre retaliação política por aderir à campanha de Flávio Dino.


    Grande caminhada de lançamento de campanha e inauguração do comitê de Américo de Sousa.

Após ter o seu programa eleitoral retirado da propaganda eleitoral gratuita, Américo de Sousa, candidato a deputado estadual pelo Partido dos Trabalhadores, dispara contra o candidato Lobão Filho em sua rede social. Confira o desabafo do petista: 



Durante gigantesca caminhada de lançamento da nossa campanha eleitoral, realizada no dia 24/08/2014, em Coelho Neto, o candidato a governador Flávio Dino 65, na presença de uma multidão, declarou que desde o ano 2006 namorava politicamente com Américo de Sousa, 13111, deputado estadual e que estava feliz pelo nosso casamento político. Até aí tudo bem, o que não sabia era que Lobão Filho que também me cortejou politicamente até meados de julho deste ano, ficou tão enciumado que resolveu me perseguir ordenando a retirada de nosso programa eleitoral do horário político gratuito na última quarta-feira, cometendo uma verdadeira ingerência na direção do PT do Maranhão. 
Já estou tomando as devidas providências para que nosso programa eleitoral volte a veicular normalmente conforme legislação eleitoral, pois o horário político gratuito do PT para deputado estadual não pertence a Lobão Filho, nem tampouco à família Sarney, o tempo de rádio e TV da campanha de deputado estadual do PT pertence exclusivamente aos candidatos do PT.
Outra questão que quero deixar bem claro é que em 2010 atendendo a pedido do campo majoritário do PT do Maranhão apoiamos Roseana Sarney para fazer o melhor governo de sua vida, porém, o que ela fez foi o pior governo da vida do povo maranhense. E como tem aquele ditado que diz que errar é humano, mas permanecer no erro é burrice, não adianta as perseguições de Lobão Filho ou de quem quer que seja, por respeito à coletividade e às nossas próprias consciências, não votaremos em Lobão Filho nem amarrados, nosso candidato a governador é Flávio Dino 65, a maioria dos petistas maranhenses, também, votam assim.
Peço a todas as lideranças do PT do Maranhão para se dedicarem à campanha da Dilma 13, ajudem a divulgar nossos candidatos a deputados estadual e federal e que passem a apoiar Flávio Dino 65, vamos colocar os interesses coletivos acima de interesses de grupos, o povo do Maranhão não aguenta mais viver nesse estado de pobreza absoluta por conta desse grupo Lobão/Sarney que a cada dia piora os indicadores sociais do nosso Estado.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

SALVE-SE QUEM PUDER

Pesquisa Escutec não anima aliados do candidato de Roseana Sarney

Cúpula do PMDB se reuniu hoje no Palácio para se reunir e discutir pesquisa.


A pesquisa para consumo interno mais recente do Instituto Escutec caiu como um balde de água fria na cabeça dos coordenadores e dos principais aliados da campanha de Edinho Lobão ao Governo do Estado do Maranhão.
Do resultado anterior, quase uma semana antes, para o atual não houve nenhuma evolução. Os números não representam uma ameaça à candidatura de Flávio Dino (PCdoB). E nem tampouco um acréscimo do que poderia ser esperado pela coordenação da campanha do 15.
A pesquisa Escutec para consumo interno é uma modalidade tracking em que os eleitores são consultados pela via telefônica. Como não tem caráter científico e nem foi registrada junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o blog do Neto Ferreira não vai relevar os números.
A estagnação, de Edinho Lobão não causou nenhuma surpresa, mais no Palácio dos Leões os resultado obrigou candidato, governadora, presidente da Assembleia e o secretário Ricardo Murad a refletirem no assunto.
Reunião hoje no Palácio dos Leões.
Desde as 11h desta quinta-feira (28), a cúpula do PMDB do Maranhão e os candidatos a governador e vice, Edinho Lobão e Arnaldo Melo, e o candidato ao Senador Federal, Gastão Vieira, tiveram que fazer uma reunião no Palácio dos Leões para discutirem as estratégias possíveis que possam impedir a derrota do filho ministro Lobão.
Só os copos, toalhas e mesas e sabem o que ficou definido na reunião. O certo é que a ultima pesquisa da Escutec deixou preocupado o clã Sarney.
E isso é fato.
fonte:  Blog do Neto Ferreira

Conta de energia terá aumento médio de 24% em 217 municípios do Maranhão



Imagem ilustrativa(Imagem:Divulgação)Clique para ampliarImagem ilustrativa
 A conta de luz para consumidores residenciais dos 217 municípios maranhenses atendidos pela Companhia Energética do Maranhão (Cemar) será reajustada em 22,25%. Para os consumidores de baixa tensão, o aumento médio ficará em 24,11%. Nesse grupo estão incluídos, além dos residenciais e de baixa renda, unidades rurais e de serviços públicos, inclusive de iluminação. O aumento, autorizado hoje (26) pela diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), entra em vigor no dia 28 de agosto.
Para os consumidores de alta tensão, o reajuste chegará a 24,16%. Com isso, o efeito médio de reajuste a ser percebido pelos consumidores alcançará 24,12%. O aumento será aplicado a cerca de 2,1 milhões de unidades consumidoras localizadas no estado. Entre os fatores citados pela Aneel como influentes para o reajuste estão os gastos que a distribuidora teve com compra de energia, transmissão e pagamento de encargos setoriais.
Além desses, é considerada justificativa para o aumento a variação de custos que a empresa teve no ano – cálculo que inclui custos típicos da atividade de distribuição, sobre os quais incide o Índice Geral de Preços-Mercado e outros gastos.
(Com informações da Agência Brasil)

Bomba! PF investiga 23 municípios do MA

  policia-federal-20120628153008A Polícia Federal investiga 23 prefeituras maranhenses, que mantém contratos irregulares com prestação de serviço de transporte escolar.
A investigação é em conjunto com o Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal, Ministério Público de Contas e a Controladoria Geral da União (CGU).
A Operação “Dia T – Pau de Arara”, iniciada na última segunda-feira, 25, vem realizando auditoria nos municípios do Estado.
O delegado federal de combate ao crime organizado, Fabrizio Garbi, disse que o desvio não envolve uma rede de criminosos. “Não podemos detalhar investigações em curso, mas há indícios de uma organização para desviar tais recursos”.
A operação concluiu, até o momento, o inquérito em apenas cinco municípios. Entre eles, Cachoeira Grande e São João do Sóter. Foram investigados contratos de 2013 a 2014, na ordem de um total de R$ 9.002.939,62 milhões.
Os responsáveis pela investigação vem ouvindo alunos, motoristas, representantes das empresas contratadas, além da inspeção dos veículos, documentos e contratos de licitação.
O Blog do Luis Pablo foi informado que haverá prisões, após a conclusão de todo inquérito da Operação “Dia T – Pau de Arara”

Justiça nega pedido de liberdade provisória a acusado de duplo homicídio em Coelho Neto

A Juíza Dra Karla Jeane julgou nesta última quarta-feira 27 /08 como improcedente, o pedido de revogação de prisão preventiva e manteve o decreto de prisão preventiva de José Oscar Azevedo da Silva acusado de duplo homicídio qualificado.

Sem título-1No despacho da sentença a magistrada acompanhou o parecer do Ministério Público que também votou por rejeitar o pedido. “Ante o exposto, em consonância com o parecer Ministerial, indefiro o pleito formulado na inicial e mantenho o decreto de prisão preventiva de José Oscar Azevedo da Silva, com o escopo assegurar a garantia da ordem pública e a eficaz aplicação da lei penal”, assinalou a juíza.
A seguir a integra do despacho:
ÀS 16:29:19 – JULGADA IMPROCEDENTE A Ação            
Autos nº17312014 Revogação da Prisão Preventiva Requerente: José Oscar Azevedo da Silva Advogado: Samuel Castelo Branco Santos OAB/PI 6334 Marcos Danilo Sancho Martins OAB/PI 6328 Sentença José Oscar Azevedo da Silva requer a revogação de prisão preventiva, sustentando ser pessoa íntegra, primário e de bons antecedentes, além de possuir endereço certo, laborar em atividade lícita. Argumenta ainda que seus filhos precisam de sua presença, proteção e alimentos. Instado a manifestar-se, Ministério Público apresentou parecer de fls.24/27 pugnando pelo indeferimento da revogação da prisão preventiva do requerente. É o necessário relatório. O Código de Processo Penal autoriza o juiz a decretar a prisão preventiva em qualquer fase da investigação policial ou do processo penal, como garantia da ordem pública, da ordem econômica, por conveniência da instrução criminal, para assegurar a aplicação da lei penal ou em caso de descumprimento de qualquer das obrigações impostas por força de outras medidas cautelares. Com efeito, a legislação pátria exige que fiquem bem demonstrados a presença do fumus commissi delicti (pressuposto da prisão preventiva), do periculum libertatis (fundamento da prisão cautelar), e estejam presentes as condições de sua admissibilidade, insculpidas no artigo 312, caput, do CPP (com a redação outorgada pela Lei Federal nº 12.403/2011). As peças que instruem o inquérito mostram a presença dos pressupostos para a decretação da prisão preventiva, consubstanciados, nos termos do artigo 312 do Código de Processo Penal, na prova da existência do crime e indícios suficientes de autoria. A prova da existência do crime é patente, como se depreende do boletim de ocorrência, exames cadavéricos, auto de apresentação e apreensão, fotografias das vítimas, dentre outros. Ao seu lugar, os indícios suficientes de autora estão consubstanciados nos termos do depoimento das testemunhas, presentes no corpo do inquérito policial. Presentes, também, os fundamentos para a decretação da prisão preventiva: aplicação da lei penal e, principalmente, garantia da ordem pública. Fundamentos esses advindos da intensa gravidade do fato delituoso trazido à análise deste Juízo. Entender de forma contrária, principalmente neste momento, seria temerário e colocaria em risco a credibilidade da justiça e das instituições. O fato em julgamento na ação penal movida contra o denunciado causou grande repercussão e comoção nesta cidade, pois foi supostamente praticado por conhecido jurisdicionado em face da sua própria esposa e caseiro. Alia-se a este fato a maneira de agir do denunciado, já que o inquérito revela ter sido o crime praticado com premeditação e intensa crueldade. A repercussão social e a periculosidade do paciente ficaram evidenciadas pelo modus operandi de extrema violência e crueldade com que foi o delito de homicídio qualificado em tese praticado eis que uma das vítimas ficou com o rosto completamente desfigurado em virtude dos golpes recebidos. Tamanha gravidade da conduta verificada na espécie, provocou protestos e consternação social, denotando assim, a necessidade da custódia cautelar, para resguardar a ordem pública. Com isso não pretendo afirmar que a prisão para garantia da ordem pública se destina a proteger o processo penal, enquanto instrumento de aplicação da lei penal. Dirige-se, ao contrário, à proteção da própria comunidade, coletivamente considerada, no pressuposto de que ela seria duramente atingida pelo não-aprisionamento de autor de crime que cause intranqüilidade social. Neste sentido são as lições de Eugênio Pacelli de Oliveira: “O vocábulo ordem pública, consoante se acha inscrita no art. 312 do CPP , e malgrado a pluralidade de sentidos que dali se pode obter, parece indicar maiores cuidados e preocupações com a estabilidade e/ou tranqüilidade da comunidade, em relação ao cumprimento, pelo Poder Público, das funções que são inerentes em tema de segurança pública” (in Regimes Constitucionais da Liberdade Provisória, 2012, Lumen Juris, p. 62). Esse também é o entendimento do Superior Tribunal de Justiça: PROCESSUAL PENAL. AGRAVO REGIMENTAL EM RECURSO ORDINÁRIO EM HABEAS CORPUS – HOMICÍDIO DUPLAMENTE QUALIFICADO. PRISÃO EM FLAGRANTE DELITO. LIBERDADE PROVISÓRIA ANTERIORMENTE CONCEDIDA NESTA CORTE. PRISÃO PROVISÓRIA. MODUS OPERANDI QUE A JUSTIFICA. IRRELEVÂNCIA DE BOAS CONDIÇÕES PESSOAIS. GARANTIA DA ORDEM PÚBLICA. 1. A periculosidade da agente, revelada pelo modus operandi com que teria supostamente agido, é suficiente para motivar a necessidade da manutenção de sua custódia cautelar, para se resguardar a ordem pública, que ficaria vulnerada com a sua liberdade. Precedentes. 2. Presente requisito do artigo 312 do Código de Processo Penal diante do caso concreto, inviável a manutenção dos benefícios da liberdade provisória anteriormente concedida à agravada, neste Superior Tribunal de Justiça, sendo irrelevantes suas boas condições pessoais. 3. Dado provimento ao agravo. (AgRg no RHC nº. 20.113/MG, 6ª Turma, Relatora Ministra Jane Silva, Julgado em 26/02/2008, DJe 22.04.2008). Soma-se aos argumentos até agora expostos o fato do denunciado ter empreendido fuga logo após a suposta prática dos crimes noticiado na denúncia, o que revela sua intenção de se furtar da aplicação da lei penal. Trago ainda a esta fundamentação jurisprudência recentíssima do STF, ocasião em que o Pretório Excelso julgou RHC em que figura como paciente, denunciado pela suposta prática do crime de homicídio qualificado, uma vez que, mediante emprego de objeto perfuro-cortante, teria o paciente desferido diversos golpes contra a sua companheira, levando-a a morte. Situação que muito se assemelha ao crime noticiado nos presentes autos. RECURSO ORDINÁRIO EM HABEAS CORPUS. PROCESSUAL PENAL. PRISÃO PREVENTIVA. ORDEM PÚBLICA. MODO DE EXECUÇÃO DO DELITO. GARANTIA DE APLICAÇÃO DA LEI PENAL. FUGA DO DISTRITO DA CULPA. FUNDAMENTOS IDÔNEOS. RECURSO IMPROVIDO. 1. As circunstâncias concretas da prática do crime (modus operandi) e a fuga do acusado do distrito da culpa justificam a decretação e a manutenção da prisão cautelar para garantia da ordem pública e salvaguarda da aplicação da lei penal. Precedentes. 2. Recurso ordinário improvido. (STF – RHC: 118113 MG , Relator: Min. TEORI ZAVASCKI, Data de Julgamento: 11/02/2014, Segunda Turma, Data de Publicação: DJe-039 DIVULG 24-02-2014 PUBLIC 25-02-2014) Por essa razão, a meu ver, nenhuma das medidas cautelares arroladas no art. 319 do CPP revela-se suficiente para assegurar a ordem pública, em virtude da potencial periculosidade que é evidenciada pelos elementos constantes dos autos. Além a necessidade de se resguardar a aplicação da lei penal. Ante o exposto, em consonância com o parecer Ministerial, indefiro o pleito formulado na inicial e mantenho o decreto de prisão preventiva de José Oscar Azevedo da Silva, com o escopo assegurar a garantia da ordem pública e a eficaz aplicação da lei penal. Publique-se, registre-se e intimem-se. Notifique-se o Ministério Público. Coelho Neto, 27 de agosto de 2014. Dra. Karla Jeane Matos de Carvalho Juíza de Direito Comarca de Coelho Neto
fonte:portalcoelhoneto

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Coelho Neto: petista Américo de Sousa demonstra força política e realiza grande caminhada de inauguração de seu comitê

Por Robert Lobato
O candidato a deputado estadual de Coelho Neto Américo de Sousa-PT realizou na manhã deste domingo(24) uma gigantesca caminha pelas ruas da cidade ao lado de seus candidatos Zé Carlos – deputado federal e Flávio Dino – governador.
A concentração foi em frente à residência do petista, onde Zé Carlos e Flávio Dino eram aguardados para o evento. O deputado Zé Carlos foi o primeiro a chegar ao local e algum tempo depois foi a vez de Flávio Dino se juntar à multidão para saírem em caminhada.
Numa demonstração de força política e organização, Américo de Sousa fez bonito e conseguiu se fazer acompanhar por uma grande multidão, percorrendo algumas ruas e avenidas de Coelho Neto em clima de muita animação, indo parar em frente ao seu comitê.
Na chegada houve um pequeno imprevisto. É que o local que foi preparado para acomodar pouco mais de 500 pessoas sentadas se tornou pequeno, visto à grande quantidade de gente que compareceu ao evento. Diante disso, houve um pequeno momento de indecisão se seria possível fazer a parte das falas dos candidatos e lideranças políticas dentro do comitê com parte do público do lado de fora ou se no meio da rua, onde todos podia participar e ver mais de perto os oradores. Ligeiramente a coordenação da campanha de Américo optou por fazer no meio da rua mesmo.
O deputado Zé Carlos em seu discurso assumiu o compromisso de trabalhar por Coelho Neto como deputado federal e falou da importância da cidade eleger Américo de Sousa para deputado estadual.
Américo de Sousa por sua vez falou da importância de reeleger a presidente Dilma. Pediu a todos que vão votar nele para deputado estadual que votem também em Zé Carlos para deputado federal, uma vez que este o está ajudando em mais de 30 municípios do Maranhão e declarou para todos que o seu candidato a governador é Flávio Dino, para quem também pediu voto e apoio.
Nem mesmo o sol forte conseguiu dispersar a multidão que acompanhou tudo atentamente até o final.
Sem dúvida nenhuma o ato político que marcou a inauguração do comitê de Américo de Sousa com a presença de Zé Carlos, Flávio Dino e de lideranças políticas e sindicais de várias cidades do estado, que vieram demonstrar apoio ao projeto político do petista, será assunto comentado nas rodas de conversas durante toda a semana e não deixará dúvidas de quem de fato tem força política e apoio popular no município de Coelho Neto.
Sem esquecer que a declaração de apoio à candidatura de Flávio Dino será de grande importância na consolidação da vitória deste rumo ao governo do Maranhão, uma vez que Américo de Sousa é a segunda força política de Coelho Neto, onde em 2012 obteve mais de 40% dos votos como candidato a prefeito. Foram mais de 10 mil votos contra o poderio econômico do prefeito Soliney Silva.
Podemos dizer que Américo deu um grande passo rumo a sua eleição para deputado estadual na manhã deste domingo com esse grande evento.

domingo, 24 de agosto de 2014

AMÉRICO DE SOUSA ARRASTA MULTIDÃO EM COELHO NETO!

O petista Américo de Sousa demonstra força política e realiza grande caminhada de inauguração de seu comitê em Coelho Neto

O candidato a deputado estadual de Coelho Neto Américo de Sousa-PT realizou na manhã deste domingo(24) uma gigantesca caminha pelas ruas da cidade ao lado de seus candidatos Zé Carlos - deputado federal e Flávio Dino - governador.

A concentração foi em frente à residência do petista, onde Zé Carlos e Flávio Dino eram aguardados para o evento. O deputado Zé Carlos foi o primeiro a chegar ao local e algum tempo depois foi a vez de Flávio Dino se juntar à multidão para saírem em caminhada.


Numa demonstração de força política e organização, Américo de Sousa fez bonito e conseguiu se fazer acompanhar por uma grande multidão, percorrendo algumas ruas e avenidas de Coelho Neto em clima de muita animação, indo parar em frente ao seu comitê.

Na chegada houve um pequeno imprevisto. É que o local que foi preparado para acomodar pouco mais de 500 pessoas sentadas se tornou pequeno, visto à grande quantidade de gente que compareceu ao evento. Diante disso, houve um pequeno momento de indecisão se seria possível fazer a parte das falas dos candidatos e lideranças políticas dentro do comitê com parte do público do lado de fora ou se no meio da rua, onde todos podia participar e ver mais de perto os oradores. Ligeiramente a coordenação da campanha de Américo optou por fazer no meio da rua mesmo.

O deputado Zé Carlos em seu discurso assumiu o compromisso de trabalhar por Coelho Neto como deputado federal e falou da importância da cidade eleger Américo de Sousa para deputado estadual.

Américo de Sousa por sua vez falou da importância de reeleger a presidente Dilma. Pediu a todos que vão votar nele para deputado estadual que votem também em Zé Carlos para deputado federal, uma vez que este o está ajudando em mais de 30 municípios do Maranhão e declarou para todos que o seu candidato a governador é Flávio Dino, para quem também pediu voto e apoio.

Nem mesmo o sol forte conseguiu dispersar a multidão que acompanhou tudo atentamente até o final.

Sem dúvida nenhuma o ato político que marcou a inauguração do comitê de Américo de Sousa com a presença de Zé Carlos, Flávio Dino e de lideranças políticas e sindicais de várias cidades do estado, que vieram demonstrar apoio ao projeto político do petista, será assunto comentado nas rodas de conversas durante toda a semana e não deixará dúvidas de quem de fato tem força política e apoio popular no município de Coelho Neto.
Sem esquecer que a declaração de apoio à candidatura de Flávio Dino será de grande importância na consolidação da vitória deste rumo ao governo do Maranhão, uma vez que Américo de Sousa é a segunda força política de Coelho Neto, onde em 2012 obteve mais de 40% dos votos como candidato a prefeito. Foram mais de 10 mil votos contra o poderio econômico do prefeito Soliney Silva. 

Podemos dizer que Américo deu um grande passo rumo a sua eleição para deputado estadual na manhã deste domingo com esse grande evento.

Click: Lançamento da campanha e inauguração do comitê de Américo de Sousa deputado estadual em Coelho Neto.